segunda-feira, maio 09, 2005

SALDOS NA FPP

Li isto no site da FPP e não quis acreditar:

«Informamos a todos os interessados que os equipamentos de marca Reebok, utilizados anteriormente pelos atletas das Selecções Nacionais de Patinagem Artística, encontram-se à venda para quem os pretenda adquirir.Os equipamentos são usados mas encontram-se em bom estado geral e ao seguinte preço:Fato de Treino – 20 €Polo – 5 €Aos valores acima mencionados acresce 5€ para portes de correio.»
http://fpp.pt/patinagem-artistica/index.html
A FPP, nos Campeonatos internacionais, apenas paga a comida e a estadia dos atletas. Todo o trabalho, dedicação e esforço, de vários anos, ao serviço de um país é simplesmente ignorado.
Agora como mudou de nome (Federação de Patinagem de Portugal), vai vender os equipamentos a preços ridiculos.
A pobreza será dos equipamentos ou do espírito dos promotores da ideia?

7 Comments:

Anonymous Anónimo said...

hiiiiiiiiiiiiiiiiiii

no comment

Frederico Sá

6:21 da tarde WEST  
Anonymous Anónimo said...

vejam:

SELECÇÕES NACIONAIS DE PATINAGEM ARTÍSTICA
COMPETIÇÕES INTERNACIONAIS
Tendo em vista a participação Portuguesa nas várias competições internacionais, a realizar durante o ano de 2005, encontra-se já elaborado o plano de preparação dos atletas que irão enquadrar as respectivas Selecções Nacionais, que agora divulgamos:

Solo Dance e Dança – Dias 10 a 12 de Junho

Individuais – Dias 28 a 30 de Junho

Taça da Europa, Europeus de Seniores, Juniores, Juvenis e Cadetes – Dias 28 a 31 de Julho

Taça da Europa, Europeus de Seniores e Juniores – Dias 3 a 5 de Setembro

Frederico SÁ

6:24 da tarde WEST  
Anonymous Anónimo said...

Relativamente à venda dos fatos...
Com certeza que os 1ºs a serem convidados a comprarem os fatos a preço de custo, foram os que os usaram. Talvez posteriormente os tenham posto à venda ao "resto" do público... E quando digo resto, digo àqueles que nunca tiveram o prazer de representar o país. A POBREZA NUNCA SERÁ DOS EQUIPAMENTOS, afinal contam história, e só quem nunca representou a selecção portuguesa é que poderá afirmar tal coisa! Saiu-lhe mal esse seu apontamento de quem sofre. Quanto aos promotores da ideia, acho que fizeram o que deviam....antes isso do que deitar fora equipamentos que nos honraram. E SÓ OS QUE, HONRADOS SÃO E SE SENTEM, OS COMPRARÃO.
Afinal a má língua parte de si ao contrário do que vem afirmando neste blog, quando tem rasgos de consciência.

11:39 da tarde WEST  
Anonymous Anónimo said...

Já agora, e não querendo ser má-língua... há certos comentários que nos fazem verificar como existe quem voe conforme o vento está, ou não, de feição.

11:45 da tarde WEST  
Anonymous Cocas said...

Ter opinião contrária e critica do que se passa na patinagem portuguesa não tem nada a ver com má-lingua.
Há pessoas que parece não conseguir viver num mundo com opiniões diferentes.

12:14 da manhã WEST  
Anonymous Anónimo said...

Gostava de saber como é que o nosso colega tem a certeza que os atletas foram convidados a comprar os fatos a preço de custo. Principalmente quando o custo foi zero.

12:16 da manhã WEST  
Anonymous Anónimo said...

Realmente fazer dinheiro com equipamentos usados pelos nossos atletas é pouco digno. Isto quando os pais têm de pagar ao treinador a preparação dos seus filhos. Na verdade a FPP utiliza o dinheiro, o investimento alheio para retirar vantagens para si e para o país e em troca não dá nada. apenas vende a preço simbólico.
Concordo com o autor do blogue, somente a pobreza de espírito é que permite uma situação destas.

11:24 da manhã WEST  

Enviar um comentário

<< Home

Free Hit Counters
Free Counter