sexta-feira, julho 15, 2005

(in) capacidade para nos fazer sonhar

Os elementos da Federação correm cada vez mais divorciados do mundo real da patinagem. Alheios às necessidades e ao rigor da planificação desportiva do alto rendimento.

Ao discurso da mudança, respondem sem acção.
Não foram precisos muitos dias para ver que quem se apresentou para mudar e trabalhar nada fez de concreto e visível. Não se cumprem prazos. Vejam as promessas das convocatórias. Tudo se faz em cima do joelho. Marcam-se visionamentos e estágios inoportunos.
No final exigem “mundos e fundos”.
Quem está na federação tem que agir de uma forma modelar e eficientemente. Não pode falhar, muito menos adiar. De cada vez que somos confrontados com um problema sério a tentação é fugir às responsabilidades ou apontar o dedo a outro.

Quem vai para a FPP cai sempre no mesmo erro. Não se preocupa por dar uma imagem de eficiência. Parece que tudo é feito casuisticamente. Às criticas iniciais, deveriam responder com um mínimo de eficácia. Tenho a certeza que logo calavam os incrédulos. No entanto, é o que se vê.
Parecem estar mais preocupados com a táctica e com o estilo autoritário do que com uma estratégia de evolução e desenvolvimento da modalidade.

É por isso que a patinagem artística em Portugal está cada vez mais prisioneira de conflitos particulares e de acções sem sentido. Já ninguém acredita. O descrédito é maior quando não existem projectos nem se mostra capacidade para nos fazer sonhar.
Por favor, façam-nos sonhar!

Obviamente que nem todos são iguais, há uns mais iguais do que outros...
Por seu lado, os técnicos que têm a probabilidade de ter atletas em provas internacionais devem esforçarem-se por não perder o rumo, mesmo que possam surgir alguns percalços por via federativa. É o risco de se viver nesta bagunça.

21 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Os pais de atletas que tenham possibilidades de serem convocados~ficam a aguardar pela convocatória ou esquecem a patinagem e vão de férias. Pois tambem têm direito a férias depois de tantas privações ao longo do ano.

12:14 da tarde WEST  
Anonymous Anónimo said...

A forma como eles estão a tratar o assunto demonstra falta de capacidade. Não sabem, são incompetentes.

10:44 da manhã WEST  
Anonymous Anónimo said...

Sonhar? Sim fazem-nos sonhar, mas o k temos é um pesadelo.

10:48 da manhã WEST  
Anonymous joão said...

Em média, um terço da nossa vida é passado a dormir e uma parte do nosso sono é preenchido por sonhos que por vezes, são mais negros que a própria noite. São os nossos sonhos maus, mais conhecidos por pesadelos.
Para os entendidos, sonhos e pesadelos não acontecem por acaso. Muito pelo contrário, são reacções muito bem planeadas pelo inconsciente. É lá que guardamos muitos dos nossos medos, incertezas e dificuldades de viver, e é de lá que saem as reacções esse arquivo escondido. Reacções que se mascaram com o que de mais feio há na nossa mente! Mas, no fundo, ao aparecerem vestidas de monstros nocturnos, essas imagens não são mais que símbolos daquilo que tememos ou daquelas características menos positivas de nós próprios que, por alguma razão, ainda não conseguimos ultrapassar. Daí que enfrentar um pesadelo possa ser melhor política que andar a fugir dele, procurando constantemente ignorá-lo ou evitando interpretá-lo

10:50 da manhã WEST  
Anonymous Anónimo said...

Contrate incompetentes!
- .... O quê? Lá vem você de novo com suas as ideias malucas. Primeiro, sugeriu-me contratar preguiçosos, agora, incompetentes...!
- Ok, ok, eu sei que não parece uma sugestão lá muito ajuizada, mas responda-me: contratar preguiçosos deu ou não deu resultado?
- Bem, na verdade deu. Deu mesmo. Aquela paralisia da modalidade, aquelas idas às compras, aquelas selecções que escolhiam os atletas da filha, estas infelizmente acabaram. A “minha preguiçosa” está a perder qualidades, já não dá conta do recado. Agora deixou de ser preguiçosa...
-O quê?
- Sim, sim. Sabia que ela é a treinadora que teve mais campeões nacionais esta época.
-Mais campeões nacionais!!!????
-Sim, sim!! Se virar as classificações de pernas para o ar vai ver que tenho razão. Ela é um sucesso.

- Então, agora, páre de esperar pelo profissional perfeito. Confie em mim, mude de táctica, contrate incompetentes. Vai ser de arrazar.
- Ok, ok, posso até pensar nisto, desde que você me explique de onde tirou esta ideia.
- Daqui, olhe...!. - então, tirei o livro fininho da pasta, abri na página 71 e li:
“Os livros sobre desenvolvimento do desporto, por exemplo, imaginam verdadeiramente um ‘seleccionador perfeito’ no capitulo sobre ‘gerir a modalidade para o sucesso'.
Também aqui diz que um alto dirigente federativo, assim está escrito, deveria ter capacidades extraordinárias como analista da modalidade e como pessoa inteligente para escohler os mais capazes para tomar decisões.

Os técnicos escolhidos deveriam saber lidar com os outros e entender sobre relações de trabalho, organizacionais e ter imaginação para alterar o que está mal, e saber minimamente do que estão a fazer.

O que parece ser desejado é uma genialidade universal, que sempre foi uma raridade.
A experiência da espécie humana indica, fortemente, que a única pessoa que há em abundância é o incompetente universal.

Portanto, teremos de admitir que na Federação a patinagem artística não pode ter sucesso. Por isso, na melhor hipótese, as capacidades é o que menos interessa.
Razão pela qual e o mais provável é que escolham os mais modestos e incompetentes.

O que, meu amigo, se escolher incompetentes uma coisa pode ter a certeza, ninguém vai ficar desiludido. Porque todos sabem com o que contam. Incompetência.

Por isso é mais saudável não esperar nada.
Seria frustrante tentar desenvolver neles competências para as quais não foram naturalmente dotados. E, sem que isto signifique uma amarra existencial, é preciso considerar que a biografia deles milita contra eles, porque guerreamos contra ela?
Por isso contratar incompetentes é não obrigar as pessoas a fingir que sabem tudo. Assim, ninguém pode dizer que tem espectativas.
Quem disser isso está errado.
Contratar incompetentes é contentarem-se com o que se tem.

Aqui a razão por se escolher incompetentes. Percebeu?
- Agora dá para entender. Uf!Obrigado.
- Vou já fazer o comunicado a nomeá-los

11:49 da manhã WEST  
Anonymous Anónimo said...

muito bem! esta estória infelizmente não é ficção...

1:30 da manhã WEST  
Anonymous Anónimo said...

Eu sou treinador e felizmente não tenho atletas para ir a provas internacionais.
Por isso estou à vontade para falar. Mas nem quero pensar no dia em que tiver.
Se calhar o melhor é mesmo não esperar muito.

2:18 da manhã WEST  
Anonymous Anónimo said...

ai que engraçado!

-O CIRCO CHEN CHEGOU!!!! exclama o pai.
-filha sai já da patinagem e dedica-te a palhaça! VAI! Vai e escreve coisas assim como aquele senhor! que destreza e inteligencia! que vontade de fazer rir!!- disse o pai com paixão.

-mas pai parece-me um bocado falta de carácter!- diz a filha

-ó filha mas tu nao viste o que nos rimos com ele???
Nao viste como o teu irmaozinho borrou as calças com as convulsoes intestinais? QUE LOUCURA!!!! que dominio da palavra!
VAIS FAZER O QUE TE DIGO! VAIS PARA PALHAÇA! - disse o pai num tom autoritário.

- Mas papá....para palhaça nao posso ir...-disse a filha quase a chorar

- PORQuÊ? - comentou o pai enquanto coçava o rabo...

- porque paizinho....´-chorava a menina.
...E chorando continuou:
- porque já consigo contar até 4. - disse a menina em lágrimas muito envergonhada.

moral da estória:
quem souber contar até 4 nunca poderá atingir o nível de alguns.

3:20 da manhã WEST  
Anonymous Anónimo said...

moral da estória:
quem souber contar até 4 nunca poderá atingir o nível de alguns.

é por isso que o nível da palhaça e do pai a coçar o rabo é de espantar. há rabos sem nivel.

12:41 da tarde WEST  
Anonymous Anónimo said...

pelo ke percebi a piada era mesmo para o rapazinho do "contrate incompetentes"!
E gostei!
Esta ultima teve muito mais piada!

1:08 da tarde WEST  
Anonymous Anónimo said...

há rabos sem nivel e sem piada

4:33 da tarde WEST  
Anonymous Anónimo said...

só porque tu achas.
eu fartei-me de rir com a boca ao " contrate incompetentes"..lolol mais curta e com mais sentido.

10:46 da tarde WEST  
Anonymous Anónimo said...

o sentido dos incompetentes...
que se protegem como cães vadios,
cheios de carraças ensanguinolentas.

repetem para si inverdades até se cansarem para acreditar que eles não são aquilo que todos dizem que são.
queres soletrar????????
I
N
C
O
M
P
E
T
E
T
E

12:22 da manhã WEST  
Anonymous Anónimo said...

E E
T T
N N
E E
T T
E E
P P
M M
O O
C C
N N
I
Já chega??????

12:27 da manhã WEST  
Anonymous Anónimo said...

este passou-se...

12:28 da manhã WEST  
Anonymous Anónimo said...

"vais para palhaça"
és mesmo labrego!!!!
nem falar sabes !!!
Ó labregão!!!!
vai aprender a escrever.

12:31 da manhã WEST  
Anonymous Anónimo said...

o jójó sofre de convulsões intestinais. eheheheheheeh!!! derivadas de diarreias cerebrais.
relations man, relations pá...

12:35 da manhã WEST  
Anonymous Anónimo said...

desculpem, estão a falar de quê?

12:36 da manhã WEST  
Anonymous Anónimo said...

... de rabos memo...

12:37 da manhã WEST  
Anonymous Anónimo said...

não sejam assim. é cool. até me dá good notas...

12:40 da manhã WEST  
Anonymous Anónimo said...

Ai Santa Bárbara...
Se aqueces em demasia...
ehehehe

10:40 da tarde WEST  

Enviar um comentário

<< Home

Free Hit Counters
Free Counter